"ERRANDO DISCITUR" -

A tradução do latim para "ERRANDO DISCITUR" está ai:"É ERRANDO QUE SE APRENDE". Aqui está um blog para opiniões, informações,poesias e, principalmente, exposições de momentos diversos para comungar com amigos, alunos e ex-alunos.

sábado, 3 de agosto de 2013

Respeito: o valor da consideração e atenção ao outro.

Aprendemos com a Revolução Francesa, as suas máximas "liberdade, igualdade e fraternidade". Mas não aprendemos a cobrar suas práticas, que implicariam na valorização e respeito ao ser humano. Como também não aprendemos de fato a fazer nossa parte,quando se fala do direito e respeito ao próximo.

Nos dias atuais é tão raro encontrar as máximas acima citadas sendo aplicadas,em conjunto,ou simplesmente discutidas e praticadas,mesmo isoladas. Cobramos, na teoria, mas ficamos tão passivos quanto à prática.

Independente de instituições fortes, sejam elas os Governos, a Constituição, os ideais religiosos diversos e até mesmo a Igreja, todos os serem humanos merecem, independente de tudo o respeito. E o respeito implica o direito de ser ouvido, também o direito de falar.

O conceito de Respeito, oriundo do latim "respectum", implica atenção ou consideração. Seja por temor ou receio, respeitar o outro é bom e todos gostam. 

Os valores humanos ressurgem, atualmente quando os meios de comunicação e o uso das redes sociais multiplicam sentimentos de solidariedade e de luta. O tal Gigante acordou. 

Acredito na discussão entre as classes sociais, sou a favor de debates religiosos, apoio manifestações populares sem vandalismo e respeito quem respeita o direito das pessoas escolherem suas pertenças religiosas e seus relacionamentos amorosos, sou a favor da liberdade de expressão e da não obrigatoriedade de votos,por exemplo.

Acredito muito no meu direito como ser humano de dizer ou não o que penso, sem ter minha liberdade de expressão vigiada (vergonhoso saber que os EUA tem esse poder sobre a liberdade humana). Acredito que as pessoas tem o direito de ser hétero ou gay, ser religioso ou ateu e de dizer ou não. Ninguém prejudica ninguém,quando fazem suas escolhas pessoais, sem ferir ou impor.

Acredito que as pessoas não são cor de pele, condições sociais e econômicas, as pessoas são um misto de caráter e ação, quando equilibradas e partidas de mentes sãs. 

Ciente que ainda falta muito para toda a sociedade tornar-se mais digna, confesso que ainda acredito na espécie humana. 

Deveríamos, em tese, praticar mais os valores que nos foram propiciados através das revoluções a fim de amenizar tantas disparidades e injustiças, sem atropelar os valores mais cruciais ao convívio humano. Mais uma vez atrelados ao RESPEITO.

Acreditarei sempre nas palavras de Voltaire e levarei comigo sempre: " Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las". Voltaire

Que tal acordarmos o Gigante do Respeito, o Gigante do Amor ao próximo e multiplicá-los entre nós?

Nenhum comentário:

Postar um comentário